Nutrição em pancreatite do pâncreas: o que você pode comer e o que evitar

Quando você tem pancreatite do pâncreas, é importante monitorar sua dieta. Aprenda quais alimentos comer e quais evitar reduzir a carga sobre o órgão e reduzir o risco de exacerbação. Recomendações alimentares detalhadas para pacientes com pancreatite.

A pancreatite é uma doença inflamatória do pâncreas, que requer uma abordagem especial à nutrição. É muito importante monitorar sua dieta e excluir os produtos de TI que podem afetar negativamente a condição do pâncreas.

As principais recomendações de nutrição na pancreatite incluem o uso de alimentos facilmente digeríveis e não-gordurosos. É importante dar preferência a alimentos ricos em proteínas, mas com baixa caloria. Ao mesmo tempo, é necessário limitar o consumo de gorduras e carboidratos.

Recomendações alimentares para pancreatite

Com pancreatite, é especialmente importante monitorar sua dieta e escolher alimentos que não carregam o pâncreas. As recomendações a seguir ajudarão a melhorar a condição do paciente e reduzir o risco de exacerbação:

  1. Exclua dos produtos dietéticos que contêm uma grande quantidade de gordura. Pratos gordurosos, alimentos fritos, margarina e manteiga podem causar uma secreção abundante de suco gástrico e aumentar a carga no pâncreas.
  2. Limite a ingestão de alimentos ricos em açúcar. O açúcar aumenta a fermentação e pode causar desconforto abdominal adicional.
  3. Prefira alimentos com baixo teor de gordura e não frito. Cereais, carne cozida, aves sem pele, peixe, legumes e frutas serão mais benéficos para o sistema digestivo.
  4. Aumente sua ingestão de fibras. Vegetais, frutas, grãos e legumes são ricos em fibras, o que ajuda a normalizar a função intestinal e melhora a digestão.
  5. Ligue para a regularidade em suas refeições. Refeições e lanches separados podem levar a exacerbações frequentes de pancreatite. Tente comer ao mesmo tempo e controlar o tamanho da parte.
  6. Reduza a irritação dos alimentos. Alimentos picantes, azedos, salgados e salgados podem causar desconforto e agravar a pancreatite. Favorecer alimentos gentis e neutros.
  7. Beba quantidades adequadas de água. A água ajuda a melhorar a digestão e evita a constipação, o que pode ser uma causa de exacerbação da pancreatite.

Seguir estas recomendações ajudará a reduzir a carga no pâncreas, reduzir o risco de exacerbações e melhorar a saúde da pancreatite.

Vídeo sobre o assunto:

Princípios básicos de dieta em pancreatite

Com pancreatite do pâncreas, é especialmente importante monitorar sua dieta. A nutrição desempenha um papel fundamental no tratamento desta doença, porque permite reduzir a carga no pâncreas e promove sua recuperação. É importante seguir alguns princípios básicos de dieta na pancreatite.

  1. Limitação de gorduras. O pâncreas é responsável pela produção de enzimas necessárias para digerir gorduras. Durante uma exacerbação da pancreatite, pode não ser capaz de lidar com essa tarefa; portanto, você precisa reduzir a ingestão de gorduras na dieta. Evite laticínios gordurosos, margarina, batatas fritas, pizza frita e aves fritas.
  2. Limitando açúcares. A eliminação temporária de alimentos que contêm carboidratos e açúcares rapidamente digestíveis da sua dieta ajudam a reduzir a carga no pâncreas. Recuse doces, bebidas carbonatadas, bolos e outros alimentos doces.
  3. Ingestão moderada de proteínas. A proteína é um componente importante de uma dieta saudável, mas com a pancreatite seu consumo deve ser limitado. Favorece fontes magras e facilmente digeríveis de proteína, como carne de frango ou peru, peixe, ovos e produtos lácteos com pouca gordura.
  4. Refeições regulares. É importante seguir um regime alimentar e fazer pequenas refeições 5-6 vezes por dia. Isso ajudará a manter estáveis os níveis de açúcar no sangue e reduzir a carga no pâncreas.
  5. Prefira o consumo de vegetais e frutas. Vegetais e frutas são uma fonte importante de vitaminas e antioxidantes que ajudam a restaurar a função pancreática. No entanto, durante uma exacerbação da pancreatite, você deve preferir vegetais e frutas que contêm menos fibras, como batatas, cenouras e bananas. Gradualmente, você pode introduzir outras frutas e vegetais na dieta, observando a reação do corpo.

Seguindo esses princípios básicos de dieta na pancreatite, você pode reduzir a carga no pâncreas e garantir seu trabalho mais eficaz. Também é importante lembrar que cada corpo é diferente, por isso é recomendável discutir a dieta com um médico ou nutricionista para encontrar a dieta mais adequada em um caso específico.

Alimentos úteis para pancreatite

Com pancreatite do pâncreas, é muito importante monitorar a dieta e consumir alimentos que não sobrecarregarão o órgão e promoverá sua recuperação. Aqui estão alguns alimentos úteis que são recomendados para incluir na dieta para pancreatite:

  • Produtos lácteos: iogurte desnatado, kefir e queijo cottage desnatado ajudam a normalizar o sistema digestivo e contêm bactérias benéficas que podem ajudar a reparar o pâncreas.
  • Carne e peixe: carnes magras como frango, peru, coelho, carne bovina e peixe são ricas em proteínas e vitaminas, mas não sobrecarregam o pâncreas.
  • Legumes e frutas: vegetais crus como cenoura, abobrinha, batata, brócolis e frutas como maçã, pera, banana e frutas vermelhas são ricos em fibras alimentares e vitaminas e contêm antioxidantes que auxiliam na reparação de órgãos.
  • Mingau: mingaus à base de água, como trigo sarraceno, arroz e aveia, são ricos em fibras e nutrientes que podem ajudar a melhorar a digestão.

Estes são apenas alguns dos alimentos que você pode incluir em sua dieta para pancreatite. Porém, é importante lembrar que cada corpo é diferente e antes de mudar sua dieta, você deve consultar seu médico ou nutricionista para que ele possa recomendar os alimentos e regime alimentar mais adequados para o seu caso particular.

Perguntas e respostas:

Quais alimentos são recomendados para serem excluídos da dieta na pancreatite?

Na pancreatite recomenda-se excluir da dieta alimentos que contenham grandes quantidades de gordura, pratos condimentados e gordurosos, álcool, refrigerantes, doces e confeitaria.

Quais alimentos são recomendados para pancreatite?

Na pancreatite recomenda-se consumir laticínios com baixo teor de gordura, mingaus com água, carne e peixe cozidos, vegetais, frutas, queijo cottage com baixo teor de gordura e queijo.

Quais alimentos podem contribuir para uma exacerbação da pancreatite?

Alguns alimentos podem contribuir para a exacerbação da pancreatite, como carnes defumadas, frituras, temperos picantes, frutas e bagas ácidas, refrigerantes, doces.

Que princípios nutricionais devem ser observados na pancreatite?

Na pancreatite deve-se seguir os princípios da nutrição, como comer pequenas porções, comer com frequência (5-6 vezes ao dia), excluir alimentos gordurosos e condimentados, usar alimentos com baixo teor de gordura e de fácil digestão.

Quais alimentos podem ter um efeito positivo no pâncreas?

Alguns alimentos podem ter um efeito positivo no pâncreas, como laticínios com baixo teor de gordura, peixes, vegetais, frutas, queijo cottage com baixo teor de gordura e queijo.

Quais alimentos são recomendados para serem excluídos da dieta na pancreatite do pâncreas?

Na pancreatite do pâncreas, é recomendável excluir da dieta gordurosa e alimentos picantes, bem como alimentos que contêm grandes quantidades de açúcar.

Vegetais e frutas para pancreatite

Aqui está a lista de vegetais e frutas que são recomendados para consumir para pancreatite:

  • Brócolis: Brócolis é uma rica fonte de vitamina C e ácido fólico. Ele também contém substâncias que ajudam a proteger o pâncreas da inflamação.
  • Cenouras: As cenouras contêm vitamina A, que possui propriedades anti-inflamatórias e promove o reparo de órgãos.
  • Aipo: O aipo é rico em antioxidantes e flavonóides que ajudam a reduzir a inflamação no corpo.
  • Maçãs: as maçãs contêm pectina, o que ajuda a reduzir a inflamação e melhora o sistema digestivo.
  • Peras: As peras são ricas em fibras alimentares, potássio e vitamina C, que ajudam a manter a saúde dos órgãos.

Além disso, recomend a-se consumir uma variedade de frutas e vegetais para maximizar os nutrientes. No entanto, vale a pena notar que algumas frutas e vegetais podem causar desconforto ou aumentar os sintomas da pancreatite em algumas pessoas. Portanto, é importante discutir com seu médico quais frutas e vegetais são adequados para você.

Carne e peixe para pancreatite

Ao escolher carne e peixe para nutrição na pancreatite, é recomendável dar preferência a variedades magras. Os produtos de carne gordurosa e peixe podem causar exacerbação da pancreatite e piorar a condição do paciente.

Aqui estão algumas recomendações sobre a escolha e a preparação de carne e peixe na pancreatite:

  • Dê preferência a carnes magras, como frango sem pele, peru ou coelho.
  • Remova toda a gordura visível e a pele antes de cozinhar.
  • Evite fritar e grelhar pratos. É melhor escolher métodos de cozimento, como ferver, ensopado ou assar.
  • Evite usar marinadas, especiarias e especiarias que podem irritar o pâncreas.

É importante lembrar que todo corpo é diferente; portanto, as recomendações alimentares para pancreatite podem variar de caso para caso. Sempre discuta sua dieta com seu médico ou nutricionista para levar em consideração as características e necessidades individuais do seu corpo.

Glúten e lactose na pancreatite

O glúten é uma proteína encontrada em muitos grãos de cereais, como trigo, centeio e cevada. O consumo de glúten pode levar à inflamação e irritação do pâncreas em pessoas com pancreatite. Portanto, recomend a-se eliminar ou reduzir o consumo de alimentos contendo glúten.

Também é importante prestar atenção ao conteúdo de lactose dos alimentos. A lactose é um açúcar de leite que é quebrado pela enzima lactase no intestino. Na pancreatite, pode haver uma deficiência da enzima, resultando em intolerância à lactose. Como resultado, o consumo de produtos lácteos pode causar irritação adicional ao pâncreas.

Para eliminar ou reduzir a ingestão de glúten e lactose, dev e-se prestar atenção a esses alimentos:

  • Produtos de farinha de trigo e padaria feitos dele (pão, rolos, tortas, etc.)
  • Centeio e produtos feitos de farinha de centeio
  • Produtos de farinha de cevada e cevada
  • Produtos de leite e laticínios (queijo, iogurte, kefir, etc.)
  • Creme e manteiga

Grãos alternativos como milho, arroz, trigo sarraceno, aveia (na ausência de intolerância individual) podem ser usados em vez de produtos contendo glúten. A lactose pode ser substituída por laticínios sem lactose ou produtos à base de plantas, como leite de soja ou iogurte com base em ingredientes à base de plantas.

Ao formular uma dieta para pancreatite pancreatite, você deve consultar seu médico ou nutricionista para recomendações individualizadas com base nas especificidades da doença e do seu corpo.

Alimentos que devem ser excluídos em pancreatite

Com pancreatite do pâncreas, é importante monitorar sua dieta e excluir certos alimentos que podem afetar negativamente a condição do órgão. Aqui está uma lista de alimentos que devem ser excluídos da dieta na pancreatite:

  • Alimentos gordurosos: produtos alimentares fritos, óleos de origem animal (manteiga, banha, creme), ghee e produtos de carne gordurosa (banha, salsichas, carne defumada).
  • Produtos picantes e picantes: pimenta, mostarda, rábano, vermelho e pimenta preta, temperos e molhos com um alto teor de especiarias.
  • Produtos enlatados e semi-acabados: legumes enlatados, carne enlatada e peixe, produtos semi-acabados (costeletas, pepitas, bolinhos).
  • Alimentos fritos: batatas fritas, queijos fritos, carne frita e peixe
  • Doces: chocolate, confeitaria, doces, bolos, bolos, biscoitos ricos em gordura e açúcar.
  • Bebidas alcoólicas: todos os tipos de álcool, incluindo cerveja e bebidas espirituosas.

A exclusão desses alimentos da dieta ajudará a reduzir a carga no pâncreas e contribui para o tratamento da pancreatite. Recomend a-se consultar um médico ou nutricionista para fazer uma dieta individual, levando em consideração as peculiaridades da doença e as necessidades do corpo.

Nozes e sementes em pancreatite

No entanto, com pancreatite, é importante consumir nozes e sementes com cautela, pois elas podem ser difíceis de digerir e causar sensações desagradáveis no estômago. Além disso, você deve evitar tipos de nozes e sementes fritos e salgados, pois eles podem provocar inflamação do pâncreas.

Nozes

As nozes são ricas em ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados que ajudam a reduzir a inflamação no corpo. Eles também contêm antioxidantes, vitaminas e minerais que promovem a saúde pancreática.

Para pancreatite, é recomendável consumir nozes em pequenas quantidades e apenas totalmente moído ou picado. Eles podem ser adicionados a saladas, mingau, iogurte ou usados como ingrediente em assados.

Sementes

As sementes também são uma boa fonte de benefícios para a saúde do pâncreas. Por exemplo, as sementes de linhaça contêm ácidos graxos ômega-3 que ajudam a reduzir a inflamação. As sementes de abóbora são ricas em zinco, que é um mineral importante para a função pancreática.

Para pancreatite, é recomendável consumir as sementes no solo ou na forma triturada. Eles podem ser adicionados ao iogurte, mingau, sopas ou usados como tempero para pratos.

Bebendo em pancreatite

Bebendo com pancreatite

Na pancreatite, deve ser dada atenção especial à escolha de bebidas, pois algumas delas podem ter um efeito negativo no pâncreas. O papel da bebida na pancreatite é manter a hidratação do corpo, bem como melhorar o sistema digestivo.

As principais recomendações para beber na pancreatite são:

  • Água . A água potável é a principal fonte de nutrição para o corpo. Seu consumo ajuda a melhorar a condição geral do corpo e ajuda a normalizar o trabalho do pâncreas.
  • Chá de ervas . Alguns chás de ervas podem ter um efeito favorável no sistema digestivo. Por exemplo, o chá de camomila ou hortel ã-pimenta pode ajudar a reduzir a inflamação e reduzir a dor no estômago.
  • Chá verde . O chá verde possui propriedades antioxidantes e ajuda a melhorar o sistema digestivo. No entanto, você deve consum i-lo com cautela e não exceder a dose recomendada, pois o consumo excessivo pode causar irritação no estômago.
  • Sucos de frutas e bagas. Os sucos de frutas e bagas são uma fonte de vitaminas e nutrientes, mas devem ser consumidos com cautela na pancreatite. Recomend a-se diluir os sucos com água e consum i-los em pequenas quantidades.

É importante lembrar que, se você tem pancreatite, deve evitar álcool, bebidas carbonatadas, bebidas muito frias ou quentes e bebidas que contêm muito açúcar.

Sempre consulte seu médico ou nutricionista para obter recomendações personalizadas sobre opções de bebidas para pancreatite.

Água mineral para pancreatite

A água mineral terapêutica deve ser não carbonada, baixa em sais e minerais. A opção ideal é a água com pH próximo ao neutro (7) e baixa dureza (o conteúdo da dureza total de até 1 g / L). É importante observar que na pancreatite é recomendável consumir água sem carbonatação, pois bebidas carbonatadas podem causar síndrome da dor e agravar os sintomas da doença.

Abaixo está uma lista de águas minerais recomendadas para pancreatite:

  1. Essentuki – Água de um resort dolorosamente famoso para pacientes com pancreatite. Esta água contém uma pequena quantidade de minerais, o que permite não carregar o pâncreas e tem um efeito diurético leve.
  2. Narzan – possui baixa mineralização e pH alcalino, o que ajuda a melhorar o trato gastrointestinal e reduzir a secreção pancreática.
  3. Slavyanovskaya – possui baixa dureza e mineralização, o que ajuda a reduzir a carga no pâncreas e melhora sua função.

Ao escolher a água mineral, você deve prestar atenção às recomendações de composição e médico. Também é importante levar em consideração as características individuais do corpo e a reação à água. Para maximizar o efeito da água mineral, recomend a-se consum i-la durante o dia em pequenas porções e em combinação com uma dieta adequada.