Como determinar a causa do desconforto na garganta: entenda qual é esse sintoma

O que é essa coisa na sua garganta? Aprenda sobre a anatomia e a função da laringe, esôfago, faringe e cordas vocais. Reconheça as possíveis causas e sintomas de várias condições de garganta e aprenda a trat á-las e evit á-las. Obtenha uma compreensão de como cuidar da sua garganta e mantenh a-a saudável.

Todos nós experimentamos vários desconfortos na garganta de tempos em tempos, como um sentimento irregular, dor ou desconforto ao engolir. Mas qual poderia ser a causa dessas sensações desconfortáveis? Freqüentemente, esses sintomas estão relacionados a problemas na garganta ou nas áreas circundantes.

Uma possível causa de desconforto na garganta é a faringite, uma inflamação da parte de trás da garganta. Essa condição pode ser causada por uma infecção bacteriana ou viral e é acompanhada por sintomas como dor ao engolir, tosse e alterações vocais. Para evitar complicações, é recomendável consultar um médico para diagnóstico e tratamento.

Os linfonodos são outra fonte comum de desconforto na garganta. Se eles ficarem inflamados, podem aumentar de tamanho e causar dor quando tocados. Se você perceber que possui linfonodos ampliados no pescoço ou na área da Fossa submandibular, pode ser um sinal de infecção ou outras condições. Nesta situação, também é recomendável que você consulte um médico para consulta e tratamento adicional.

Anatomia da garganta

As principais partes da garganta incluem:

  1. A faringe: Esta é a parte superior da garganta, localizada abaixo da parte traseira da nasofaringe e é usada para passar o ar do nariz ou da boca para os pulmões. A faringe também é o caminho para a passagem de comida da boca para o esôfago.
  2. Cordas vocais: são pequenos músculos localizados na garganta e desempenham um papel fundamental na formação de sons de fala. Quando o ar passa pelas cordas vocais, elas vibram para criar som.
  3. Laringe: Este é um órgão cartilaginoso localizado no topo da garganta abaixo da úvula. Ele contém as cordas vocais e serve para proteger as vias aéreas ao engolir. A laringe também desempenha um papel importante na produção de som e fala.
  4. Cartilagem da tireóide: Esta é a grande cartilagem localizada em frente à laringe e serve para proteger a laringe e as cordas vocais.
  5. Esôfago: é o tubo que conecta a garganta ao estômago e serve para transportar alimentos da boca para o estômago.

A anatomia da garganta é complexa e inclui muitas outras estruturas, como amígdalas palatinas, epiglote, língua e anel faríngeo. Juntos, essas peças funcionam em sincronia para garantir o funcionamento adequado da garganta e seu papel no corpo.

Vídeo sobre o assunto:

Estrutura da garganta

As principais estruturas da garganta incluem:

  • Faringe
  • Laringe
  • Amígdalas faríngeas
  • Úvula
  • Cordas vocais
  • Arcos da faringe
  • Cartilagem da tireoide
  • Cumberbatch Palato

A faringe é a parte inicial da garganta e é usada para a passagem do ar e da comida. É dividido em três seções: a nasofaringe, orofaringe e laringe. A faringe também é a localização das amígdalas faríngeas, que desempenham uma função protetora, impedindo a entrada de infecção.

A laringe desempenha um papel importante na produção de som. Dentro da laringe estão as cordas vocais que vibram à medida que o ar passa, que é o que produz sons de fala. A laringe também possui cartilagem especial que fornece estabilidade e protege as cordas vocais.

Principais estruturas da Função da Atração da Garraga

Faringe Passagem de ar e comida
Laringe Produção de som
Amígdalas faríngeas Defesa contra a infecção
Úvula Participa de digestão e fala
Cordas vocais Formação de sons de fala
Arcos da faringe Defesa contra a infecção
Cartilagem da tireoide Estabilidade da laringe
Cumberbatch Palato Participa de digestão e fala

Funções da garganta

Funções da garganta

As principais funções da garganta incluem:

  1. Passagem do ar para os pulmões: a garganta serve como o caminho através do qual o ar passa do nariz e da boca para os pulmões. Aqui, o ar é preparado de maneira ideal antes de entrar no trato respiratório, pois é umedecido e limpo de poeira e microorganismos.
  2. Formação de voz: A garganta desempenha um papel fundamental no processo de formação de sons e fala. As cordas vocais localizadas na garganta vibram à medida que o ar passa, o que cria os sons que chamamos de voz. Várias mudanças na forma e na tensão da garganta podem alterar o som da voz.
  3. Proteção das vias aéreas superiores: a garganta contém alguns mecanismos de defesa que impedem que alimentos ou líquidos entrem nas vias aéreas. Por exemplo, a epiglote é uma pequena válvula que se fecha ao engolir para impedir que os alimentos entrem na traquéia. Além disso, a membrana mucosa da garganta contém células especiais que secretam o muco para prender e remover poeira e pequenas partículas.

É importante lembrar que a garganta faz parte de um sistema complexo de órgãos respiratórios e vocais, e sua saúde pode afetar a saúde geral do corpo. Check-ups regulares com seu médico e cuidar da garganta ajudará a mantê-lo saudável e funcionar corretamente.

Principais problemas na garganta

Aqui estão alguns dos principais problemas associados à garganta:

  1. Uma dor de garganta é uma das condições mais comuns da garganta. Pode ser causado por uma infecção viral ou bacteriana. Os sintomas de uma garganta aguda incluem dor ao engolir, vermelhidão e inchaço da garganta e um aumento na temperatura corporal.
  2. A angina é uma doença infecciosa caracterizada pela inflamação das amígdalas. Os sintomas da dor de garganta incluem uma dor de garganta acentuada, dificuldade em engolir, febre e linfonodos que podem aumentar o tamanho.
  3. Gaymorite é uma inflamação da membrana mucosa do nariz e seios paranasais, que podem se espalhar para a parte de trás da garganta. Gaymorite é acompanhado por um nariz escorrendo, congestão nasal, dor de garganta e ma l-estar geral.
  4. A glossite é uma inflamação da língua que pode causar dor e desconforto ao engolir. A glossite pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo infecção, lesão ou reações alérgicas.
  5. O câncer de garganta é uma doença perigosa que pode afetar diferentes partes da garganta, incluindo faringe, amígdalas, língua e cordas vocais. O câncer de garganta pode manifestar sintomas como dor de garganta crônica, dificuldade em engolir, mudanças de voz e aparência de um nódulo ou úlcera na garganta.

Em caso de problemas de garganta, é aconselhável consultar um médico para obter ajuda profissional e prescrever tratamento adequado.

Reconhecendo doenças da garganta

Reconhecendo condições de garganta

As doenças da garganta podem ter uma variedade de sintomas e reconhec ê-las pode ser um desafio. No entanto, com algum conhecimento e observação, é possível capturar alguns sinais característicos que podem indicar certas doenças.

Aqui estão alguns sinais básicos que podem ajudar a reconhecer doenças da garganta:

  • Dor e desconforto: sentir dor ou desconforto na garganta pode ser um sinal de uma variedade de condições, incluindo faringite, amigdalite e laringite.
  • Amígdalas vermelhas ou inchadas: se as amígdalas estiverem vermelhas ou inchadas, poderá indicar dor de garganta ou outra inflamação da garganta.
  • Manchas brancas ou placa: manchas brancas ou placa na parte de trás da garganta ou nas amígdalas podem ser um sinal de garganta ou outras infecções na garganta.
  • A falta de ar: dificuldade em respirar ou falta de ar pode indicar problemas com o sistema respiratório, como asma brônquica ou doença pulmonar obstrutiva.
  • Tosse: a tosse pode ser um sinal de uma variedade de condições, incluindo gripe, resfriado, bronquite ou uma reação alérgica.

Se você tiver sintomas indicativos de condições de garganta, é importante consultar um médico para um diagnóstico preciso e tratamento apropriado. O auto-tratamento pode ser perigoso e pode levar a complicações.

Dependendo dos sintomas e das características da condição, seu médico pode solicitar testes adicionais, como pomada na garganta, um exame de sangue geral ou uma radiografia de tórax para esclarecer o diagnóstico e determinar o melhor plano de tratamento.

Tratamento das condições da garganta

Tratar as condições da garganta

O tratamento para as condições da garganta está diretamente relacionado ao seu tipo e gravidade. Na maioria dos casos, o tratamento é feito usando medicamentos, fisioterapia e descanso e dieta adequada.

A seguir, são apresentados os principais métodos de tratamento das condições da garganta:

  • Uso de antibióticos: No caso de infecções bacterianas, o médico pode prescrever um curso de antibióticos para combater patógenos. É importante seguir exatamente as instruções e levar o medicamento na dosagem recomendada.
  • Lavagem da garganta: Para aliviar a inflamação e reduzir a dor, podem ser usadas soluções de gargarejo de garganta. Estes podem conter anti-sépticos e ingredientes anti-inflamatórios.
  • Uso de medicamentos para aliviar os sintomas: reduzir a dor, coceira e desconforto na garganta, medicamentos na forma de sprays, comprimidos ou xaropes contendo anestésicos e ingredientes anti-inflamatórios podem ser usados.
  • Fisioterapia: Em alguns casos, seu médico pode prescrever tratamentos de fisioterapia para acelerar a recuperação da garganta. Isso pode incluir irradiação de luz ultravioleta, terapia por ultrassom ou tratamento a laser.
  • Restado e dieta: é importante dar tempo a se recuperar na garganta. É aconselhável evitar fumar, beber álcool e comer alimentos quentes. Também vale a pena aumentar a ingestão de líquidos e comer alimentos macios e magros.

Em alguns casos, se a doença da garganta for acompanhada de complicações ou não responder ao tratamento conservador, poderá ser necessária uma intervenção cirúrgica. Para decidir se a cirurgia é necessária, o médico realiza testes e consultas adicionais.

É importante lembrar que a automedicação pode ser perigosa e piorar a condição da garganta. Quando os primeiros sintomas de uma condição de garganta aparecerem, você deve consultar um médico para obter ajuda qualificada.

Causas de desconforto na garganta

Abaixo estão algumas das causas mais comuns de desconforto na garganta:

  • Infecções virais. Uma das causas mais comuns de desconforto na garganta são as infecções virais, como nariz escorrendo, gripe ou infecção viral respiratória aguda. O vírus entra no corpo através da membrana mucosa da garganta, causando inflamação e desconforto.
  • Infecções bacterianas. Infecções bacterianas, como dor de garganta ou faringite, também podem causar desconforto na garganta. As bactérias entram no corpo através da membrana mucosa danificada da garganta, causando inflamação e dor.
  • Alergias. As reações a alérgenos, como pólens, poeira ou certos alimentos, podem causar irritação e desconforto na garganta. Isso pode se manifestar como coceira, vermelhidão ou inchaço das membranas mucosas da garganta.
  • Refluxo ácido. O refluxo ácido é uma condição na qual o suco gástrico sobe do estômago para a área da garganta. Isso pode causar uma sensação de queimação e desconforto na garganta, especialmente depois de comer ou quando deitar.
  • Lesões e irritações. Lesões ou irritações na garganta, como queimaduras, hipotermia ou exposição a produtos químicos irritantes, podem causar desconforto e dor.

Remédios caseiros para alívio da garganta

Quando você tem dor de garganta, a primeira coisa que você quer fazer é encontrar uma maneira de aliviar a dor. Alguns remédios caseiros podem ajudar a gerenciar esse desconforto e acelerar o processo de cicatrização. É importante lembrar que esses métodos só podem ser úteis para reduzir os sintomas e proporcionar alívio, não tratando a condição subjacente.

Aqui estão alguns remédios caseiros que podem ajudar a aliviar uma dor de garganta:

  • Lavagem da garganta com solução salina: misture uma colher de chá de sal em um copo de água morna e use esta solução para lavar a garganta várias vezes ao dia. A solução salina ajuda a reduzir a inflamação e hidratar as membranas mucosas.
  • Bebida quente: bebidas quentes, como chá com mel e limão ou leite quente com mel, podem ajudar a acalmar a garganta e reduzir o desconforto. Adicionar mel e limão podem ter propriedades anti-inflamatórias.
  • Gargare com decocção de ervas: decocções de ervas de camomila, sálvia ou eucalipto podem ajudar a acalmar e aliviar a garganta. Para fazer uma decocção, despeje uma colher de sopa de ervas secas em um copo de água fervente, deixe infundir e coar. Gargare sua garganta com esta decocção várias vezes ao dia.
  • Beber regularmente: beber líquidos quentes, como água, chá ou caldo regularmente, pode ajudar a hidratar a garganta e aliviar o desconforto.

Prevenção de condições de garganta

A prevenção de doenças da garganta desempenha um papel importante na manutenção da boa saúde e no fortalecimento do sistema imunológico. Seguir algumas regras simples pode ajudar a evitar muitos problemas e manter sua garganta saudável e forte.

Aqui estão algumas recomendações para prevenção de doenças da garganta:

  1. Mantenha a higiene das mãos. Lave as mãos regularmente com água e sabão ou use um gel ant i-séptico. Isso ajudará a impedir a transmissão de infecções, incluindo doenças da garganta viral.
  2. Evite contato com pessoas doentes. Se alguém próximo a você tiver dor de garganta, tente não se aproximar deles ou compartilhar itens de higiene pessoal com eles.
  3. Coma direito. A dieta deve ser completa e variada, com uma quantidade suficiente de vitaminas e minerais. Especialmente importantes são a vitamina C e a vitamina D, que suportam o sistema imunológico no nível correto.
  4. Organize corretamente o regime do dia e descanse. A falta de sono e excesso de trabalho pode diminuir as defesas do corpo e aumentar o risco de doença da garganta.
  5. Não sobrecarregue as cordas vocais. Evite falar alto e por longos períodos de tempo, especialmente em ambientes barulhentos. Se sua voz ficar rouca ou menos clara, faça uma pausa e dê um descanso às suas cordas vocais.
  6. Tenha chec k-ups regulares com seu médico OR. O médico poderá detectar e impedir o desenvolvimento de doenças da garganta em tempo hábil.

Q & amp; A:

O que é essa coisa na garganta?

Uma coisa na garganta é uma sensação desagradável que uma pessoa pode experimentar na garganta. Pode se manifestar de várias maneiras, como uma sensação irregular, pressurizada, seca ou queimação. Essa condição pode ser causada por várias razões, incluindo infecção, alergias, refluxo ácido do estômago ou estresse psicológico.

Quais poderiam ser as causas da coisa na minha garganta?

A aparência de uma coisa na garganta pode ser causada por vários fatores. Uma das causas mais comuns é uma infecção do trato respiratório superior, como um resfriado ou gripe. Outras causas possíveis incluem uma reação alérgica, refluxo ácido do estômago, estresse psicológico ou irritação por fumaça ou produtos químicos.

Como você pode se livrar de uma coisa na sua garganta?

Livra r-se de uma coisa na garganta depende de sua causa. Se for causado por uma infecção, é recomendável beber mais fluidos, descansar e tomar medicamentos antivirais ou gripe. Se a causa for alergias, evitar alérgenos e tomar ant i-histamínicos é útil. Se o refluxo ácido do estômago, é recomendável evitar alimentos picantes e gordurosos, dormir com a cabeça elevada e tomar medicamentos que reduzem a acidez do suco gástrico. Se a causa é o estresse psicológico, é útil praticar técnicas de relaxamento como ioga ou meditação.

Quando devo consultar um médico se uma coisa na minha garganta aparecer?

Se a coisa na sua garganta não desaparecer por conta própria dentro de alguns dias ou for acompanhada de outros sintomas, você deve consultar um médico. Isso pode ser especialmente importante se a dor de garganta estiver causando dificuldade em engolir, respirar ou estar causando febre. Um médico poderá realizar um exame e prescrever o tratamento necessário, dependendo da causa da coisa na garganta.