Alergia à bochecha em crianças: causas, sintomas e tratamento

Aprenda as causas e o tratamento de alergias nas bochechas das crianças. O que fazer se seu filho tiver manchas vermelhas e coceira nas bochechas? Dicas úteis de médicos e mães que passaram por isso.

As alergias são um dos problemas de saúde mais comuns em crianças. Pode causar sintomas desagradáveis, como coceira, vermelhidão e inchaço que podem aparecer em diferentes áreas da pele, incluindo as bochechas. As bochechas são o local mais vulnerável para que as reações alérgicas se desenvolvam, pois a pele nessa área é bastante sensível e fina.

Um dos tipos mais comuns de alergias que podem causar uma erupção cutânea nas bochechas das crianças é a dermatite de contato. Geralmente é causado pelo contato local com vários alérgenos, como cosméticos, detergentes, roupas ou qualquer outra substância com a qual a pele entre em contato.

Outro tipo comum de alergia é a alergia alimentar. Isso pode causar uma variedade de sintomas, incluindo uma erupção cutânea nas bochechas se uma criança come alimentos aos quais é alérgica.

Em alguns casos, as erupções cutâneas também podem estar associadas à rinite alérgica ou outras reações alérgicas ao pólen, poeira ou animais de estimação.

Alergias nas bochechas: O que são?

As alergias nas bochechas das crianças são uma reação do sistema imunológico a um alérgeno que entrou na pele. Na maioria das vezes, ocorre em bebês com menos de um ano, quando o sistema imunológico é formado e a pele ainda é muito delicada e sensível. As alergias nas bochechas podem se manifestar na forma de vários sintomas – da vermelhidão simples a coceira grave e inchaço

As causas de alergias nas bochechas podem ser vários alérgenos – produtos alimentares, cosméticos, produtos químicos domésticos, roupas feitas de materiais sintéticos, etc. Muitas vezes, as alergias ocorrem contra o fundo de violação da microflora intestinal e bactérias malignas estomacais, o que pode levar à dessbacteriose.

A referência oportuna a um médico e a identificação das causas das alergias é a base para o tratamento eficaz. Também é importante eliminar o contato com o alérgeno, usar cosméticos macios e roupas hipoalergênicas, além de tomar medidas para fortalecer o sistema imunológico.

Manifestações de alergias nas bochechas: sintomas

As alergias nas bochechas nas crianças se manifestam por vários sintomas, que podem ser perceptíveis em uma variedade de formas e graus de força:

  • Vermelhidão e erupção cutânea. Estes são os primeiros e mais visíveis sintomas de uma reação alérgica nas bochechas em crianças. Manchas vermelhas, erupções cutâneas e bolhas na pele podem aparecer nas bochechas, erupções cutâneas nos cantos dos olhos, nos lábios e no queixo.
  • Comichão e queimação. Embora a coceira e a queimação também possam causar vermelhidão na pele, esse sintoma também pode causar desconforto à criança. Ele ou ela coçará constantemente e sofrerá com a sensação de desconforto. Comichão e ardor podem ser notados em todas as bochechas.
  • Inchaço e descamação da pele. O inchaço e a descamação da pele das bochechas podem significar que a alergia começou a se manifestar de forma grave. Nesse caso, a pele fica áspera e áspera ao toque e podem aparecer crostas de sabão na pele.

Um ou mais sintomas podem ser notados em crianças quando uma reação alérgica se desenvolve nas bochechas. Se você notar mais de um sintoma em seu filho, consulte um médico ou alergista para tratamento adicional e prevenção de alergias nas bochechas.

Qual você acha que é um fator chave no aparecimento de acne e erupções cutâneas?
Nutrição
66, 34%
Perturbação hormonal
Cuidados inadequados com a pele
Tudo o que precede
20, 79%

Fatores que influenciam o desenvolvimento de alergias nas bochechas em crianças

A ocorrência de alergias nas bochechas das crianças pode ser devida a vários fatores. Um dos principais motivos é a hereditariedade, quando uma criança herda uma predisposição genética para reações alérgicas dos pais ou parentes próximos.

Além disso, vários alérgenos, como poeira, pólen de plantas, alimentos e produtos químicos, podem causar alergias nas bochechas das crianças. Além disso, o aparecimento de alergias pode estar associado à alimentação inadequada, por exemplo, se a criança comer demais ou não receber vitaminas e minerais suficientes.

Além disso, certos factores ambientais, como a poluição atmosférica e a degradação ambiental, também podem contribuir para o desenvolvimento de alergias em crianças. Além disso, várias situações estressantes e tensão nervosa também podem causar uma reação alérgica no rosto da criança.

É importante observar que cada criança pode ter seus próprios fatores individuais que podem afetar o desenvolvimento de alergias nas bochechas. Portanto, para tratar e prevenir alergias com sucesso, é importante procurar ajuda profissional e fazer exames médicos regulares.

Tipos de reações alérgicas nas bochechas

Tipos de reações alérgicas nas bochechas

As alergias nas bochechas em crianças podem se manifestar com sintomas diferentes, dependendo do tipo de alérgeno que causou a reação.

  1. Erupções cutâneas vermelhas. Este é o sintoma mais comum de alergias nas bochechas. Manchas vermelhas e erupções cutâneas são frequentemente acompanhadas de coceira
  2. Inchaço. Dependendo do grau de reação, o inchaço pode ser tão grave que impede a criança de abrir os olhos ou comer.
  3. A pele está seca e escamosa. As bochechas ficam secas, escamosas e às vezes com crostas.
  4. Manifestação dos sintomas de alergia em outras partes do corpo. Alguns alérgenos podem causar não apenas uma reação nas bochechas, mas também em outras partes do corpo.

Dev e-se notar que às vezes os sintomas de alergia podem ser semelhantes a outros problemas médicos. Portanto, você deve consultar seu pediatra antes de iniciar o tratamento por conta própria.

Diagnóstico de alergias à bochecha em crianças

Diagnóstico de alergias nas bochechas em crianças

As alergias nas bochechas das crianças podem ter uma variedade de sintomas; portanto, o diagnóstico requer uma abordagem atenciosa e abrangente. Na primeira etapa, o médico conduz uma inspeção visual da pele e avalia a natureza das erupções cutâneas nas bochechas.

Os testes de alergia, como testes de pele ou exames de sangue de anticorpos, podem ser aplicados. Os testes de pele podem detectar possíveis reações a vários alérgenos, mas podem ser limitadas pela idade da criança. Os exames de sangue de anticorpos são usados para detectar uma reação alérgica a certas substâncias, mas os resultados podem não ser confiáveis se a criança estiver tomando medicamentos ou tiverem outras condições médicas.

Se o médico descartou outras possíveis causas de erupções cutâneas nas bochechas, você poderá iniciar uma dieta de eliminação. Nesse caso, os alimentos potencialmente alergênicos são removidos da dieta da criança e é observado se as erupções cutâneas diminuem ou desaparecem. Se isso revelar uma conexão entre erupções cutâneas nas bochechas e o consumo de certos produtos, pod e-se concluir que existe uma alergia alimentar.

É importante lembrar que o diagnóstico de alergias nas bochechas das crianças é um processo complexo que requer uma abordagem abrangente e uma avaliação profissional por um médico.

Como evitar alergias à bochecha em crianças?

As alergias da bochecha são uma ocorrência comum em crianças pequenas. No entanto, seguindo algumas regras simples, você pode reduzir a probabilidade de sua manifestação:

  • Evitar o contato com os alérgenos é uma das coisas mais importantes para evitar alergias nas bochechas. Você precisa garantir que não haja alérgenos em torno de seu filho, como poeira, mofo, cotão, pele de animal e outros.
  • Observe a dieta – geralmente a causa das alergias nas bochechas das crianças é a dieta errada. Você deve se abster de comer alimentos alergênicos, como ovos, laticínios, nozes, caviar vermelho, morangos, tangerinas.
  • Observe a higiene – a limpeza e a ordem é a chave para a saúde da criança. É necessário seguir a higiene diária, alterar regularmente as roupas íntimas e aumentar a atenção à higiene das mãos.

Seguindo essas dicas, você pode reduzir significativamente a probabilidade de alergias nas bochechas da criança. Se, no entanto, manifestações alérgicas não pararem, é necessário consultar um alergista.

Maneiras adicionais de diagnosticar alergias nas bochechas

Se os resultados de um exame de sangue geral e de urina não confirmarem a presença de alergias nas bochechas da criança, pode ser necessário realizar exames médicos adicionais.

Em alguns casos, um pediatra ou alergista pode recomendar testes de pele para identificar o alérgeno que causou a reação à pele da criança.

Outra maneira de diagnosticar alergias à bochecha em crianças pode ser realizar testes imunológicos.

  • Reação de antígeno de imunoglobulina E (IgE). Medir o nível de IgE no sangue de uma criança pode ajudar a determinar se uma alergia está presente.
  • Reação de leitura multiplex (MRA). O método permite determinar a presença de anticorpos no sangue e identificar certos grupos de alérgenos com antecedência para evitar possíveis reações a eles na criança.
  • Reação diagnóstica do indicador de ativação de FaShophil (BAT). O método permite determinar o número de fansofilos no sangue envolvido na resposta imune a alérgenos.

Tipos de alérgenos que causam alergias nas bochechas das crianças

Tipos de alérgenos que causam alergias nas bochechas das crianças

As alergias da bochecha em crianças podem ser causadas por uma variedade de alérgenos. Primeiro, pode ser uma alergia alimentar, que se manifesta na forma de erupções cutâneas nas bochechas quando certos alimentos são consumidos. A segunda opção pode ser a alergia ao contato, quando a pele nas bochechas reage a substâncias com as quais as crianças entram em contato diariamente.

Entre os principais alérgenos, pode ser identificado produtos alimentares, como leite de vaca, ovos, nozes, frutas e vegetais. As policlínicas oferecem testes especiais para descobrir exatamente quais alimentos causam alergias.

Os segundos alérgenos mais comuns nas bochechas infantis são produtos químicos com os quais as crianças entram em contato, incluindo corantes, tecidos sintéticos e cosméticos infantis. Nesses casos, é necessário interromper o contato com o alérgeno, bem como o tratamento de um alergista.

  • produtos alimentícios
  • Produtos químicos em produtos para cuidados com a pele
  • corantes e tecidos sintéticos

É importante observar que às vezes alergias nas bochechas das crianças podem ser causadas por doenças autoimunes, distúrbios do equilíbrio hormonal e fator genético, isso explica a necessidade de procurar ajuda médica para identificar e tratar alergias nas bochechas.

O que fazer se uma criança tiver alergias nas bochechas?

As alergias da bochecha nas crianças podem causar desconforto e inconveniência, por isso é importante tomar medidas para trat á-lo e impedir a recorrência. É sempre melhor consultar um médico se você suspeitar de uma reação alérgica.

Primeiro de tudo, você deve determinar a causa da alergia em suas bochechas. Pode ser algo com o qual seu filho entra em contato diariamente, como poeira doméstica, comida, animais ou produtos químicos. Quando você encontra a causa, precisa evitar o contato do seu filho com essas substâncias.

Se seu filho tiver alergias nas bochechas, preste atenção à higiene. A lavagem regular das bochechas e uma dobra de queixo limpa pode ajudar a reduzir os sintomas de alergia. Usar toalhas úmidas para limpar a pele também pode ajudar.

Quando os sintomas se tornam mais graves, você pode consultar seu médico para medicamentos prescritos, como ant i-histamínicos ou pomadas e cremes de esteróides. No entanto, a automedicação não é recomendada.

É importante lembrar que, em alguns casos, as alergias nas bochechas podem estar associadas a uma condição mais grave. Portanto, se você notar ocorrências repetidas ou os sintomas se tornarem cada vez mais pronunciados, consulte seu médico.

Como se livrar das alergias da bochecha em uma criança?

As alergias da bochecha em crianças podem ser causadas por vários fatores, como alopecia, reação a cosméticos ou proteínas do leite. Para descobrir o motivo que causou a alergia, você deve consultar um médico, que prescreverá análises adicionais.

O tratamento de alergias nas bochechas nas crianças só deve ser feito com métodos prescritos por um médico. A maioria dos métodos tem como objetivo reduzir os sintomas de alergia. Isso pode incluir tomar ant i-histamínicos, pomadas tópicas ou cremes, dieta especial ou alterar produtos cosméticos.

Além disso, você deve evitar o contato com possíveis alérgenos e observar que seu filho não arranha as coceiras para evitar possíveis infecções que podem ocorrer nas áreas afetadas.

Para obter mais informações sobre tratamentos de alergia à bochecha, consulte o seu médico. É importante perceber que o tratamento deve ser prescrito fundamentalmente, de acordo com a idade e a condição de saúde da criança. Não use nenhum medicamento sem o conselho de um médico.

  • Evite alérgenos: se a alergia for devida ao contato com certos alérgenos, a criança deve evitar o contato com eles. Por exemplo, se a alergia se deve a uma reação ao pó, você deve limpar periodicamente a casa, ventilar a sala.
  • Aderência à dieta: como regra, em problemas com alergias alimentares, a criança recebe uma dieta especial. Por exemplo, se a criança sofrer de uma alergia a açúcar, os produtos contendo açúcar devem ser excluídos. Essa ação pode reduzir o nível de reações alérgicas.

Que drogas ajudam com alergias nas bochechas das crianças?

O tratamento de alergias nas bochechas em crianças inclui muitos métodos, incluindo o uso de vários medicamentos. Geralmente, em crianças com alergias nas bochechas, são utilizados ant i-histamínicos que bloqueiam a liberação de histamina no sangue. Estes podem ser medicamentos na forma de comprimidos, xaropes ou gotas para os olhos e o nariz, como cetrina, fenistil, claritina, zodac, etc.

Com fortes sintomas de alergias nas bochechas das crianças, pod e-se prescrever preparações hormonais na forma de pomadas ou cremes, incluindo aquelas baseadas em hidrocortisona e outros glicocorticosteróides. No entanto, esses medicamentos são prescritos apenas quando outros métodos de tratamento não levam à melhora na condição da criança.

É importante lembrar que, ao escolher uma droga, é necessário levar em consideração a idade da criança, seu peso e possíveis efeitos colaterais, como sonolência, tontura e outros. Portanto, a prescrição de medicamentos deve ser realizada apenas por um médico e somente após um exame completo da criança.

  • Ant i-histamínicos:
    • – Cetrin
    • – Fenistil
    • – Claritin
    • – Zodac
    • – pomadas de hidrocortisona
    • – preparações baseadas em glicocortosteróides

    Que tratamentos ajudam com alergias nas bochechas em crianças?

    Com alergias nas bochechas das crianças, é importante realizar um tratamento abrangente, que inclui não apenas tomar medicamentos, mas também certos procedimentos que podem reduzir as manifestações de alergias e melhorar a condição da pele.

    Um dos procedimentos mais eficazes para alergias nas bochechas das crianças é o uso de cremes e pomadas anti-inflamatórios tópicos. Eles ajudam a reduzir o inchaço, coceira e vermelhidão na pele. Também é recomendável usar supressores especiais de coceira, o que aliviará o desconforto e dará à criança uma sensação de conforto.

    Com exacerbações frequentes de alergias nas bochechas das crianças, recomend a-se um curso de terapia de ozônio. Este procedimento melhora a microcirculação sanguínea na pele e promove a cicatrização de tecidos danificados. Além disso, a terapia com ozônio ajuda a melhorar a imunidade, o que ajudará a criança a lidar com mais eficácia com as reações alérgicas.

    Além disso, você pode usar máscaras e compactos hidratantes com base em óleos e sucos de plantas como Aloe Vera ou Calendula. Eles ajudam a reduzir a secura e a irritação da pele, além de promover a regeneração do tecido.

    Remédios populares para o tratamento de alergias nas bochechas das crianças

    As alergias nas bochechas das crianças são uma doença bastante comum. Para se livrar disso, muitos pais aplicam remédios populares que podem lidar efetivamente com esse problema.

    Aplicação de óleos vegetais

    Um dos remédios populares mais populares é o uso de óleos vegetais. Eles têm propriedades anti-inflamatórias e podem ajudar a se livrar das erupções cutâneas. Aplique o óleo na pele limpa das bochechas e faç a-o várias vezes ao dia.

    Água e spray de sal

    Para preparar este spray, você precisa dissolver 2 colheres de sopa de sal marinho em um litro de água. Esse remédio pode ser usado para limpar as bochechas ou aplicado à pele na forma de um spray.

    Creme baseado em aloe vera

    Aloe Vera possui propriedades anti-inflamatórias e ajuda a se livrar da coceira e da irritação. A folha de aloe esmagada deve ser combinada com óleo e aplicada à pele várias vezes ao dia.

    • Apesar do fato de que os remédios populares podem ajudar a lidar com as alergias nas bochechas, é necessário lembrar sobre possíveis complicações.
    • Na presença de coceira grave e erupções cutâneas, é necessário entrar em contato com um alergista ou dermatologista para obter ajuda profissional.

    Que medidas devem ser tomadas após um curso de tratamento para alergias da bochecha em crianças?

    Após um curso de tratamento de alergias nas bochechas das crianças, é necessário tomar várias medidas para evitar o reaparecimento dos sintomas. Primeiro de tudo, é necessário descobrir a causa da alergia e eliminar o contato com o alérgeno.

    Para fortalecer o sistema imunológico e reduzir o risco de reações alérgicas repetidas, é importante seguir o regime diário, a dieta e o exercício. Também é recomendável tomar complexos de vitaminas e minerais que ajudarão o corpo a lidar com condições ambientais desfavoráveis.

    Se as alergias ocorrerem regularmente, é recomendável passar por testes para alérgenos. De acordo com os resultados do exame, será consultado um especialista, que fornecerá recomendações para mais tratamento e prevenção de alergias.

    Dev e-se lembrar que, se os sintomas de alergia aparecerem repentinamente nas bochechas, é necessário limitar o contato com possíveis alérgenos o máximo possível e consultar um especialista. Muitas vezes, as manifestações de alergias são causadas por produtos de pele e higiene ou alguns componentes de comida para bebês.

    Quais são as maneiras fora da situação se o tratamento de alergias nas bochechas não dá resultados?

    Se o tratamento de alergias nas bochechas não levou a uma melhoria na condição da criança, é necessário consultar um médico e possivelmente mudar a abordagem do tratamento.

    Em alguns casos, podem ser necessários testes de alergia para identificar a causa exata da reação alérgica e prescrever o tratamento apropriado.

    Também vale a pena prestar atenção à dieta da criança, talvez alguns produtos causem uma reação alérgica nas bochechas. Se necessário, é necessário excluir esses produtos da dieta da criança.

    Para reduzir os sintomas de alergias nas bochechas, você pode usar preparações tópicas – cremes ou pomadas contendo hormônios ou substâncias ant i-alérgicas. Em casos extremos, medicamentos sistêmicos podem ser prescritos.

    No entanto, é sempre melhor impedir a aparência de alergias nas bochechas da criança, monitorar a limpeza da pele e da roupa e evitar o contato com possíveis alérgenos.

    Como evitar a recorrência de alergias nas bochechas em crianças?

    Como prevenir a recorrência de alergias nas bochechas das crianças?

    Para evitar a recorrência de alergias nas bochechas em crianças, é necessário seguir algumas recomendações:

    • Evite contato com alérgenos. Se seu filho já teve alergia à bochecha, tente identificar o que está causand o-o e evite expor seu filho a essa substância no futuro.
    • Mantenha a higiene. Um couro cabeludo, rosto e pescoço limpos reduzirá o risco de recorrência de alergias nas bochechas do seu filho.
    • Evite os efeitos colaterais dos medicamentos. Os medicamentos podem causar uma reação alérgica em uma criança. Por isso, é preciso ficar atento aos possíveis efeitos colaterais e não tomar medicamentos sem consultar um médico.
    • Leve um estilo de vida saudável. Um estilo de vida saudável inclui alimentação adequada, ausência de tabagismo passivo e atividade física regular, o que fortalecerá o sistema imunológico da criança e ajudará a prevenir a recorrência de reações alérgicas.

    Seguir essas recomendações não garante a ausência total de alergias nas bochechas da criança, mas ajudará a reduzir o risco de sua recorrência e facilitará a vida de você e de seu filho.

    Recomendações básicas para pais com alergia nas bochechas dos filhos

    Recomendações básicas para pais em caso de alergia nas bochechas em crianças

    Se notar sinais de alergia nas bochechas do seu filho, entre em contato com o pediatra para consulta e tratamento. Porém, além do atendimento médico, os pais podem tomar uma série de medidas para reduzir a probabilidade de reações alérgicas no rosto de seus filhos.

    Siga a dieta da criança. Freqüentemente, as reações alérgicas estão relacionadas aos alimentos que seu filho consome. Tente remover alimentos potencialmente prejudiciais da dieta e monitore como a criança reage aos novos alimentos.

    Evite contato com alérgenos. Se se sabe que um alérgeno causa uma reação em uma criança, você deve evitar o contato com ele. Por exemplo, se a criança é alérgica a produtos lácteos, você não deve dar-lhes esses produtos ou em quantidades limitadas.

    Observe a higiene. Um rosto limpo e seco é menos sujeito a irritações e reações alérgicas. Certifique-se de que seu filho não exagere no detergente e que o rosto seja limpo suavemente com uma toalha macia.

    Use cosméticos e detergentes hipoalergênicos. O rosto de uma criança fica o dia todo em contato com objetos e materiais que podem causar uma reação alérgica. Ao escolher cosméticos e detergentes, leve em consideração as propriedades hipoalergênicas do produto.

    • Siga um regime caseiro e um estilo de vida saudável.
    • Passe mais tempo ao ar livre.
    • Ventile os espaços residenciais.
    • Limpe para evitar acúmulo de poeira e alérgenos.

    Os pais devem saber que há muitas maneiras de ajudar seus filhos a lidar com alergias nas bochechas. O principal é não ignorar os sintomas, percebê-los a tempo e procurar ajuda médica.